Assine nossa newsletter

Checklist para manter a segurança no transporte de carga


Checklist para manter a segurança no transporte de carga

Os caminhoneiros são imensamente importantes para a economia do Brasil. Eles são os responsáveis por movimentar a maior parcela dos produtos fabricados no país, seja para o consumo interno, seja para exportação. Por isso, garantir a segurança de carga deve ser uma das principais obrigações dos profissionais que ganham a vida transitando pelas estradas.

Afinal, é a integridade das mercadorias que assegura a boa reputação e o pagamento de um caminhoneiro. Porém, existem alguns riscos no transporte de cargas que podem prejudicar as entregas.

Em virtude disso, criamos neste post um checklist com tudo o que você precisa saber para garantir a segurança de carga com qualidade e eficiência. Para isso, continue a leitura.

Transporte com o peso ideal para o veículo

O excesso de carga compromete o sistema de suspensão do caminhão, demanda maior distância para realizar a frenagem e eleva o risco de derrapagem e tombamento, podendo afetar as mercadorias e, até mesmo, a vida do condutor. Por isso, é importante evitar ultrapassar o peso a ser transportado para dar mais segurança ao transporte.

Dica: 7 simples passos para você ter mais segurança na estrada

É indispensável que o limite de carga seja sempre respeitado para evitar acidentes. Além disso, vale lembrar que esse tipo de negligência é passível de multas, portanto, fique atento.

Organize os itens corretamente na carroceria

A distribuição da mercadoria no caminhão é um procedimento básico, mas que, em geral, acaba sendo ignorado, por falta de atenção ou de tempo. Para evitar impactos danosos durante o trajeto, organize os produtos corretamente na carreta.

Os itens maiores e mais pesados são sempre colocados por baixo. Se possível, preencha totalmente a carroceria para que não fiquem espaços vazios. Dessa forma, a carga não se deslocará na viagem.

Caso esse procedimento não seja possível, invista em outros métodos, como o uso de sacos plásticos cheios de ar, paletes de madeira, amarrar as mercadorias etc.

Além disso, na hora de carregar, as recomendações de empilhamento máximo devem ser respeitadas para que as embalagens não amassem e danifiquem os produtos.

Evite umidade e prepare a carga para variações de temperatura

Além de proteger a carga contra tempestades, também é necessário ficar atento às mudanças de temperatura. Isso porque, quando os itens são transportados por percursos mais longos e passam por oscilações de frio e calor, pode ocorrer um fenômeno chamado de “suor de carga” — vapor d’água que acumula sobre os materiais.

Dica: Dirigir caminhão na chuva exige cautela. Confira nossas dicas de segurança!

Para eliminar esses problemas, envolva todo o carregamento com embalagens resistentes à umidade e à chuva. Quanto às alterações climáticas, use dessecantes para absorver a umidade do ambiente.

Realize a manutenção preventiva no caminhão

Manutenções preventivas devem ser feitas regularmente, pois, desse modo, seu caminhão estará em boas condições para cumprir suas obrigações de rotina.

Determinar uma agenda de revisões é fundamental para diminuir falhas técnicas e danos inesperados que prejudicam a segurança de carga, bem como minimizar custos e ganhar mais tempo nas entregas.

Portanto, as inspeções periódicas devem verificar componentes críticos, como:

  • direção;
  • filtros;
  • freios;
  • luzes;
  • módulo de injeção;
  • óleo do motor;
  • pneus;
  • sistema elétrico.

Nota: Caso seja necessário realizar a troca de peças, escolha as originais, pois elas contam com parâmetros de eficiência e durabilidade testados e aprovados pelo fabricante, o que garante seu funcionamento adequado no sistema mecânico. Com isso, a incidência de quebras é diminuída, ao mesmo tempo em que esforça menos as outras partes mecânicas do caminhão.

Pare somente em locais seguros e ande em comboios

Em trajetos mais longos, não é recomendado que você passe horas ininterruptas dirigindo. Isso pode causar muito cansaço e sonolência, o que altera o raciocínio lógico e diminui a capacidade de reação. No entanto, para evitar problemas maiores com a carga, principalmente furtos e roubos, é necessário estacionar em locais seguros.

Em geral, os postos de combustível nas rodovias dispõem de pontos de parada, até para pernoite. Por serem disputados, a concentração de outros motoristas torna a estadia mais tranquila e segura.

Outra medida que diversos caminhoneiros têm tomado é a formação de comboios com outros caminhões para finalizar uma viagem ou para atravessar trechos de maior risco. Dessa forma, se algo acontecer a um dos veículos, como uma falha mecânica ou um problema com a carga, os colegas podem prestar ajuda para que o incidente seja solucionado mais rapidamente, como:

  • dividir as mercadorias para remover o caminhão do local;
  • fazer um reboque;
  • ajudar na segurança até a chegada do socorro.

Essa é uma estratégia muito relevante, afinal, um motorista sozinho é alvo fácil para meliantes, mas com duas ou três pessoas a mais, eles certamente pensarão duas vezes antes de cometer algum delito.

Garanta os melhores fretes e aumente sua renda com o Rapp

Conheça os números de emergência

Ter sempre disponível os números de emergência das autoridades responsáveis pela segurança e integridade por onde seu caminhão passa faz toda a diferença em uma eventualidade. No caso de estradas privatizadas, as concessionárias são as mais recomendadas. Elas oferecem serviços de socorro médico, mecânico e guincho e podem comparecer ao local com mais rapidez.

Além disso, conhecer os números de entidades, como Polícia Militar Rodoviária Federal (190, para estradas estaduais) e Polícia Rodoviária Federal (191, para rodovias federais, as famigeradas “BRs”) é extremamente necessário.

Adote a direção defensiva

Esse tópico está presente em quase todos os artigos de recomendações de manutenção e segurança, porém, não é para menos, afinal, a direção defensiva é crucial para o sucesso do transporte de cargas. Com ela, é possível deter acidentes e quebras mecânicas, reduzir o consumo de diesel e evitar multas. Somente por esses motivos, essa prática deve ser adotada por você.

Ela também contribui para conservar o implemento (baú, carroceria, tanque) e manter a carga devidamente fixada e organizada corretamente, eliminando desperdícios e prejuízos. Sem contar que dá mais espaço e maior tempo para reações que evitam colisões e tombamentos.

Se o seu checklist para manter a segurança de carga conter as recomendações mencionadas acima, provavelmente você fará viagens cada vez mais ágeis e seguras. Assim, sua reputação será bem-vista perante as empresas, o que reflete em maiores oportunidades de fretes. Portanto, não perca mais tempo e comece já a colocar essas dicas em prática!

E então, o que achou deste conteúdo? Aproveite o gancho da leitura e conheça os melhores aplicativos de frete para caminhoneiros!




Por
26/04/2019

A Rodojacto nasceu em 1969 e, atualmente, atua no segmento de transporte rodoviário de cargas, dividindo-o em duas áreas: a de carga comum e a de carga especial — mercadorias que excedem pesos e medidas.


Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!