Assine nossa newsletter

Dirigir à noite: 6 dicas que todo caminhoneiro deve seguir


Dirigir à noite: 6 dicas que todo caminhoneiro deve seguir

Dirigir à noite pode ser uma boa estratégia para que você otimize o seu frete. Além de o tráfego ser bem menos intenso, o período noturno é mais fresco, o que significa menos desgaste para você e para o seu caminhão.

Mas, para que tudo corra bem na estrada, é preciso ter alguns cuidados especiais. Dirigir à noite exige mais atenção tanto na condução, quanto nos detalhes de manutenção do seu veículo. É que a visibilidade é menor e, por isso, todos os equipamentos precisam estar funcionando adequadamente.

Além disso, o período noturno é aquele em que o corpo entende que deveria estar dormindo. Por isso, você precisará inverter a situação, descansando durante o dia para conduzir com segurança quando o sol se pôr.

Pensando em todos esses aspectos, preparamos este post com 6 dicas que você deve seguir para conduzir com segurança à noite. Vamos lá?

1. Esteja com a manutenção em dia

À noite, a visibilidade é menor, o asfalto frio diminui a aderência e o sereno pode deixá-lo úmido. Por isso mesmo, seu caminhão deve estar com a manutenção e os equipamentos em dia.

A primeira providência é verificar o funcionamento dos faróis dianteiros e das luzes traseiras. Eles são de suma importância não apenas para a sua visibilidade, mas também para ampliar a capacidade dos outros motoristas em verem o seu veículo.

Os faróis dianteiros, além de funcionando corretamente, precisam estar bem regulados. Para isso, posicione o caminhão de frente para uma parede e veja se o facho de luz está correto, nem apontando muito para o chão e nem para o alto.

Em relação às lanternas traseiras, é importante cuidar da limpeza das lentes, que pegam muita sujeira do asfalto quando você está dirigindo na chuva. O mesmo vale para a luz que ilumina a placa de identificação do caminhão. Se a placa não estiver visível, você poderá ser multado.

Importante também cuidar da calibragem e do estado de conservação dos pneus do caminhão, providenciando a troca caso eles já estejam muito desgastados. Lembre-se de que, com o asfalto frio, é mais difícil gerar temperatura na borracha, o que compromete a estabilidade caso o equipamento não esteja funcionando corretamente.

Dica: Acessórios para caminhão: 10 itens que não podem faltar no seu veículo

2. Descanse durante o dia

Para dirigir bem, em qualquer período, é preciso estar descansado. O nosso corpo é "programado" para dormir no período noturno, se mantendo ativo ao longo do dia. Portanto, se você pretende fazer uma longa jornada à noite, para aproveitar as vantagens de viajar nesse horário, é preciso literalmente trocar a noite pelo dia.

É isso mesmo: você vai ter que dormir durante o dia para se manter acordado, alerta e bem disposto, enquanto estiver dirigindo à noite. E não pode ser aquela cochilada depois do almoço: o ideal é garantir as 8 horas mínimas necessárias de sono, para dirigir bem.

Para isso, escolha aquele horário no qual você normalmente não desejaria estar viajando. O ideal, até pela alta temperatura, é o período da tarde, para que você já acorde pronto para pegar a estrada.

3. Se o sono aparecer, não resista

Por mais que você cuide do sono durante o dia, é comum que, pelo menos no início, o seu corpo ainda entenda que o período noturno deve ser destinado ao descanso. Por isso, pode surgir alguma sonolência durante a viagem à noite.

Se isso acontecer, a primeira providência é parar em algum posto de combustível, tomar uma bela xícara de café, lavar o rosto e tentar continuar. Se o sono continuar, não insista: pare para descansar por alguns minutos, ou até horas. Lembre-se de que a sua segurança está acima de qualquer prazo de entrega.

Saiba como econimizar combustível e manter durabilidade dos componentes do seu sistema mecânico do seu caminhão no banner abaixo:

dicas para economizar o combustível do seu caminhão

4. Atenção ao uso dos faróis

No primeiro tópico, falamos sobre a importância de se manter os faróis funcionando corretamente e bem regulados. Mas, além disso, é preciso observar as regras de utilização. Atualmente, nas estradas brasileiras que têm sinalização indicando, é obrigatório acender as luzes inclusive durante o dia.

À noite, tenha atenção na hora de alternar entre luz alta e luz baixa. O farol alto só deve ser usado em trechos ermos, sem outros carros na sua faixa ou em sentido contrário. O seu acionamento ofusca os outros motoristas e pode até causar acidentes graves pela falta de visibilidade.

Também é importante estar atento à necessidade de sinalizar cada manobra a ser feita, com o uso das setas de indicação, principalmente no caso de ultrapassagens.

5. Ao entardecer, use óculos escuros

A noite oferece pouca visibilidade, mas, por incrível que pareça, o entardecer e o amanhecer acabam sendo situações ainda mais críticas. Nesses horários, há uma certa claridade, mas não a ponto de se enxergar a distância. Além disso, o período não favorece a utilização dos faróis, que acabam não conseguindo iluminar o caminho corretamente.

A posição do sol também compromete, pois ele fica exatamente na linha dos olhos, ofuscando a visão do motorista. Por isso, nesses horários, o mais indicado é utilizar óculos escuros, que filtram os raios solares e tornam a viagem mais confortável e segura.

Dica: Como conseguir frete com lucro? Saiba calcular o valor do seu trabalho!

6. Diminua a velocidade

Como a visibilidade é menor, o resultado é que a distância percorrida até que você perceba um obstáculo ou uma situação de perigo é maior. Isso significa menor tempo de reação e maior probabilidade de acidentes.

Portanto, a velocidade à noite deve ser menor do que de dia, para minimizar os efeitos da falta de visibilidade e garantir maior segurança para a sua viagem. Assim, se, em uma determinada via, a velocidade permitida é de 80 km/h, procure trafegar a, no máximo, 70 km/h.

Fique atento, também, aos radares de velocidade, que se tornam menos visíveis à noite. Assim, você diminui o risco de levar multas.

Viu só como é possível dirigir à noite sem se arriscar em excesso? Com isso, você poderá otimizar seus fretes e maximizar seus lucros sem colocar sua segurança em risco! Então, que tal aproveitar que já está em nosso blog e continuar se informando sobre esse tema? Neste post, você vai conhecer algumas outras técnicas que podem aumentar a sua segurança nas estradas! Aproveite!




Por
05/02/2019

A Rodojacto nasceu em 1969 e, atualmente, atua no segmento de transporte rodoviário de cargas, dividindo-o em duas áreas: a de carga comum e a de carga especial — mercadorias que excedem pesos e medidas.


Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!