Assine nossa newsletter

Hospedagem na estrada: o que considerar para escolher as melhores


Hospedagem na estrada: o que considerar para escolher as melhores

É difícil achar um caminhoneiro que não concorde que a rotina na boleia é bastante cansativa. Muitos desafiam seus limites físicos para diminuir o tempo da viagem, mas cuidar da própria saúde é essencial. Por isso, é importante ter boas informações para escolher a melhor hospedagem na estrada.

A Lei do Caminhoneiro exige pequenos descansos de 30 minutos ao longo da viagem. Além disso, deve existir um intervalo maior, de pelo menos 8 horas seguidas, a cada dia que você dirige. Seguir essas regras é um fator de qualidade de vida e segurança para os motoristas.

É comum que em algumas paradas o descanso seja feito no próprio caminhão, mas o conforto fica de lado nesses momentos. Logo, o ideal é procurar opções mais agradáveis. Veja a seguir o que considerar na hora de escolher onde se hospedar!

1. Identifique o estacionamento

Sabemos que, junto com o seu conforto, a grande preocupação de todo caminhoneiro é a conservação do seu companheiro de estrada. Assim, um dos principais pontos de atenção é identificar se o estacionamento é espaçoso e seguro para o seu caminhão.

As alternativas de hospedagem na estrada geralmente se preparam para atender viajantes. Com isso, é provável que a maioria ofereça uma estrutura adequada para o veículo. Sem dúvida, as melhores opções vão atender às suas necessidades. Então, verifique o estacionamento antes de fazer o check-in.

2. Conheça a localização

Outro ponto de grande importância para o caminhoneiro é a localização. Ficar em um hotel ou pousada muito longe da estrada não é o ideal, já que você vai precisar se afastar mais do caminho do trabalho e, ainda, provavelmente terá dificuldades em rodar pela cidade movimentada.

É por isso que muitos empresários já investem em hospedagem nas estradas, visando o público que trabalha dirigindo ou que está fazendo viagens de férias maiores e precisa pernoitar no caminho. Em geral, é mais fácil encontrar boas opções em rotas movimentadas. Afinal, com a procura maior, também há melhores condições de lucro para os hotéis.

Uma boa dica para descansar com qualidade é procurar a pousada antes de chegar à cidade. Deixar para buscar opções quando se está na estrada pode ser cansativo — além de gastar combustível. Para evitar isso, pergunte a amigos ou pesquise na internet as alternativas de hospedagem perto do seu ponto de parada. Dessa forma, você já sabe onde ir para encontrar descanso. Reservar com antecedência também é uma boa ideia.

Dica: Dirigir à noite: 6 dicas que todo caminhoneiro deve seguir

3. Avalie o preço

É claro que não podíamos fazer um texto com dicas de hospedagem na estrada sem falar do preço, não é mesmo? Todos os gastos de viagem impactam diretamente o bolso do caminhoneiro. Por isso, não é exagero dizer que o valor do hotel ou pousada está entre os principais aspectos a considerar.

A boa notícia é que há diversos tipos de preço em uma mesma localidade. Não será tão difícil encontrar um local com a média que você procura. Mas tenha atenção: nem sempre vale a pena economizar mais do que o esperado. Nesse caso, você corre o risco de ficar em um lugar com pouca estrutura e comprometer o seu descanso.

Portanto, o indicado é analisar o custo-benefício. Se a sua parada será rápida e você está descansado, pode procurar uma opção mais barata que ofereça o básico. Já se a necessidade é de um local confortável para recuperar as energias, não deixe de fazer isso por conta do valor. Procure um espaço que atenda ao que você precisa e que tenha um preço justo.

4. Considere a estrutura e qualidade dos quartos

Esse é o fator central para avaliar o custo-benefício de um hotel ou pousada. O preço geralmente reflete a estrutura do local e a qualidade do quarto. Por isso, avalie com cuidado essas características.

Na internet é possível conhecer a opinião de pessoas que já se hospedaram no local. Lá você vai conseguir descobrir a existência de alguns problemas, como mofo nos quartos, má qualidade do colchão, problemas no banheiro etc.

Com certeza seus amigos da estrada também têm boas dicas para dar sobre hospedagem. Conhecer a opinião real de quem já ficou no lugar é a melhor maneira de saber o que esperar. Outra dica é ver fotos da estrutura antes de ir até lá — isso pode ser feito pela internet ou ao entrar em contato com o proprietário.

A economia de combustível do caminhão é imprescindível para evitar desperdício de dinheiro. Veja no banner abaixo como economizar:

economizar combustível

5. Saiba quais são as opções para alimentação

Depois de uma noite relaxante, nada melhor do que começar o dia com um bom café da manhã antes de pegar a estrada novamente, não é? Os hotéis e pousadas mais baratos podem não oferecer essa facilidade, mas muitos lugares organizam uma bela refeição pela manhã.

Esse é um ótimo diferencial para quem trabalha na estrada. Os turistas podem preferir visitar outro lugar para comer, mas para você, que está com as horas contadas, fazer a refeição na pousada é uma ótima maneira de economizar tempo e comer bem.

Sabemos que, muitas vezes, a saúde fica de lado diante da imensidão da estrada. Mas é preciso se cuidar — e uma das principais maneiras de fazer isso é se alimentar corretamente. Portanto, é interessante contar com uma comida caseira e bem-preparada.

Verifique se a pousada ou hotel oferece o serviço de alimentação. O mais comum é incluir apenas o café da manhã, mas alguns lugares trabalham com pensão completa (com as principais refeições) ou meia-pensão (oferecendo dois pratos ao longo do dia).

Existe, ainda, a possibilidade de não incluir a alimentação no preço da diária, mas ter um restaurante no mesmo espaço do hotel. Isso também facilita sua rotina, já que é possível fazer as refeições sem se deslocar com o caminhão.

Dica: Como planejar rotas de forma eficiente e otimizada

6. Veja alguns exemplos de hospedagem na estrada

Para finalizar nossas dicas sobre opções de hospedagem, trouxemos alguns exemplos de estradas com bons serviços para você escolher. Quem está indo em direção à Bahia pode parar em Teófilo Otoni ou Governador Valadares e aproveitar a estrutura do local.

Além disso, no mesmo itinerário, pela BR-116, existem as opções de parada em Vitória da Conquista, Feira de Santana ou Nanuque, com boas alternativas de hotéis e pousadas para caminhoneiros. Já quem está indo para o Espírito Santo pode descansar bem nas cidades de Guarapari ou Vila Velha.

Não deixe de pesquisar boas opções de hospedagem na estrada para os itinerários que você faz normalmente. Considerar as paradas no planejamento da sua viagem é essencial para cuidar da saúde. Siga as nossas dicas e descanse com qualidade.

E então, este post ajudou você a melhorar seu roteiro de viagem? Aproveite para continuar no blog e aprender a calcular os custos de um caminhão parado!




Por
22/03/2019

A Rodojacto nasceu em 1969 e, atualmente, atua no segmento de transporte rodoviário de cargas, dividindo-o em duas áreas: a de carga comum e a de carga especial — mercadorias que excedem pesos e medidas.


Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!