Assine nossa newsletter

Rastreabilidade de produto: qual a importância para o frete de carga?


Rastreabilidade de produto: qual a importância para o frete de carga?

O Brasil é um país que, ao contrário de outras nações, transporta a maior parte de todas as mercadorias que circulam em seu território por meio das rodovias. Devido à alta concentração de cargas nas estradas estaduais e federais, é fundamental efetuar a rastreabilidade de produto buscando garantir a segurança das operações de frete.

Sem tempo para ler o artigo? Então ouça no player abaixo:

No entanto, muitas empresas acabam confundindo o conceito de rastreabilidade de produto com o monitoramento de carga. Em ambos existe o princípio comum de garantir a segurança dos produtos transportados, mas com algumas diferenças.

Neste artigo, você entenderá a importância do rastreamento de produto, aprenderá quais são as diferenças em comparação ao monitoramento de carga e também verá quais são suas vantagens. Continue com a gente para entender. Tenha uma boa leitura!

Como é feito o rastreamento de produto

Antes de entender como é feito o rastreamento de produto, é importante compreender que ele é feito com o objetivo de registrar ocorrências durante a logística de transporte. Nele, os registros não são enviados em tempo real para uma central de controle, mas caso ocorra algum imprevisto, como o roubo ou desvio de rota, é possível analisar o histórico buscando identificar em qual ponto isso se deu.

Para que você possa entender melhor, vamos a um exemplo: imagine aquela compra que você fez pela internet. Pode ter sido uma peça para seu veículo ou até mesmo um acessório de uso pessoal. Após a confirmação de pagamento, o vendedor fornece um código de rastreio para que você acompanhe as movimentações de seu pacote, que não é registrado em tempo real.

Depois, havendo algo fora do planejado, como desvio, destino não encontrado, furto ou outras situações, a área logística passa a analisar o histórico para identificar por onde a remessa passou. O objetivo é entender onde pode estar a raiz do problema para tomar ações preventivas visando evitar o mesmo tipo de gargalo no futuro.

Soluções tecnológicas comuns

A rastreabilidade de produto não acontece apenas no transporte de encomendas, mas também na movimentação de cargas. Isso é possível graças à tecnologia. Durante a execução desse rastreamento, diferentes soluções tecnológicas podem ser usadas. Confira alguns exemplos:

  • GPS;
  • radiofrequência;
  • telemetria.

Por meio dos rastreadores do tipo GPS é possível identificar qual a localização de uma carga via satélite. Essa é a solução mais comum entre os gestores de rotas que, mesmo não acompanhando as movimentações da carga o tempo todo, podem ser notificados caso haja algum desvio da rota planejada.

Um bom exemplo para você compreender a importância de uma carga seguir estritamente uma rota planejada é que, se algo não programado ocorrer, como um roubo, a seguradora envolvida não é obrigada a cobrir o sinistro (situação de prejuízo). Logo, a transportadora e o proprietário da carga têm um grande problema a resolver.

Já a radiofrequência é uma solução que permite emitir sinais da localização em ambientes ocultos, como os túneis, que são locais onde pode ocorrer a queda do sinal de GPS e que são mais sensíveis à ocorrência de roubos em algumas vias do Brasil.

Quanto à telemetria, ela é uma solução que permite monitorar outros fatores, como a jornada do motorista, o período de inatividade do caminhão (algo que pode indicar um problema, caso o período seja maior que o previsto), a velocidade e situações de frenagens bruscas, entre outras informações relevantes.

Veja no banner abaixo quais recursos se tornaram indispensáveis no trabalho do caminhoneiro.

Confira o manual completo de tecnologia para caminhoneiros

Rastreamento de produto x monitoramento de carga

Se você chegou até aqui, então provavelmente deve estar se perguntando: se a rastreabilidade de produto permite o acompanhamento do histórico de localização de um produto, ou seja, onde ele esteve até a chegada ao destino, então como é feito o acompanhamento em tempo real?

Pois bem, é nessa hora que entra o monitoramento de carga, um conceito muito parecido com o de rastreabilidade, mas que é uma operação que visa efetuar o monitoramento contínuo de uma carga desde sua origem até o destino.

Esse conceito é muito utilizado quando uma operação de transporte de curta ou longa distância envolve cargas valiosas. Como o acompanhamento não pode ser interrompido, caso haja perda de sinal da localização, algumas empresas fazem o uso de outra solução tecnológica: os cada vez mais conhecidos drones.

Quando algo fora do comum ocorre, um drone pode ser enviado para identificar a situação, como a quebra do veículo, roubo, falta de combustível ou acidente.

4 vantagens do rastreamento de produto

Tendo em mente todas as situações que mencionamos até aqui, você já deve ter percebido a importância da rastreabilidade de produto, não é mesmo?

Agora, para que você entenda também o valor dessa operação, vamos abordar as principais vantagens do rastreamento de produto. Confira.

1. Maior segurança para a operação

O acompanhamento da localização do produto pode inibir a ação de criminosos que praticam o roubo de carga. Logo, com o rastreio, existe maior segurança tanto para a carga quanto para o motorista. Percebendo qualquer anormalidade com a rota do veículo, a empresa pode acionar as autoridades para que verifiquem a situação. Assim, caso um roubo tenha acontecido, é possível recuperar a carga.

Dica: 7 cuidados essenciais no transporte de cargas frágeis

2. Redução de extravios

Nem sempre o problema no transporte de produtos é o risco de roubos, mas também o extravio. Os extravios podem ocorrer em qualquer ponto de uma cadeia logística: no estoque, durante a liberação para transporte, no trajeto entre origem e destino ou até mesmo na transferência entre meios de transporte.

3. Maior velocidade para a operação

Uma vez que outros imprevistos também ocorrem, ao identificar uma situação, o gestor pode tomar alguma medida viável, como o desvio de rota (se permitido e previamente informado) para, assim, evitar maiores atrasos. Dessa forma, é possível também notificar clientes sobre a nova previsão de chegada da mercadoria.

Veja no banner abaixo quais recursos se tornaram indispensáveis no trabalho do caminhoneiro.

Confira o manual completo de tecnologia para caminhoneiros

4. Controle total sobre o transporte

Por fim, sempre que algo que comprometa o prazo final de chegada de um produto ao seu destino vier à tona, os responsáveis serão notificados. Afinal, sabemos que atrasos acontecem por diversos motivos, seja o congestionamento nas vias, seja a quebra do veículo.

Todas essas vantagens favorecem a credibilidade da empresa e a satisfação dos clientes. Acompanhar a localização de um produto por toda a cadeia logística é uma realidade acessível, por isso a rastreabilidade de produto não pode ser esquecida.

Nesse artigo, você compreendeu o que é a rastreabilidade de produto e como ela é diferente do monitoramento de carga. Além disso, você também viu como esse tipo de operação proporciona maior segurança para o transporte, redução de extravios, maior velocidade e controle.

Curtiu este conteúdo? Então, compartilhe-o em suas redes sociais para que seus amigos e companheiros de profissão também conheçam o conceito de rastreabilidade de produto.




Por
10/09/2019

A Rodojacto nasceu em 1969 e, atualmente, atua no segmento de transporte rodoviário de cargas, dividindo-o em duas áreas: a de carga comum e a de carga especial — mercadorias que excedem pesos e medidas.


Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!