Assine nossa newsletter

Fuja do estresse na estrada com nossas 5 dicas e melhore sua saúde


Fuja do estresse na estrada com nossas 5 dicas e melhore sua saúde

Você tem se sentido cada vez mais cansado a cada viagem? Sente que não vai conseguir entregar os fretes com alguma frequência? Não se preocupe, você não está sozinho. O estresse na estrada é um mal que vem acometendo gradualmente mais caminhoneiros, no Brasil.

O alto preço dos combustíveis, o excesso de impostos, as más condições das estradas brasileiras, além da pressão por conseguir ampliar os ganhos são alguns dos fatores que mais colaboram para que os caminhoneiros fiquem estressados. Em 2017, duas das maiores concessionárias de Rodovias do país, a CCR e a Arteris, divulgaram pesquisas com dados preocupantes. Conforme os estudos, cerca de 79% dos caminhoneiros estão com excesso de peso e 35% têm colesterol ou glicemia altos.

Além de todos os perigos causados pelas más condições de saúde, ainda é preciso contar com o fato de que um caminhoneiro estressado está mais suscetível a se envolver em acidentes, uma vez que seus reflexos ficam diminuídos.

Por isso, preparamos 5 dicas para que você melhore a sua saúde e fuja do estresse na estrada. Fique atento!

1. Trabalhe em períodos pré-definidos

O planejamento é o caminho mais curto para uma viagem tranquila. Saber de antemão a distância a ser percorrida, as rotas a serem seguidas e o número de paradas para descanso é fundamental para que você evite aquela conhecida sensação de não chegar nunca ao destino final.

Por isso, a cada frete, faça um plano de viagem detalhado. Consulte mapas online e verifique quais são os melhores locais de parada. Veja também a quilometragem total a ser percorrida e a condição de conservação da estrada.

Assim, você saberá exatamente o que esperar da viagem e não será surpreendido com situações desagradáveis.

Dica: 8 aplicativos essenciais para caminhoneiros

2. Alimente-se bem

A alimentação é a base para a boa saúde e o bem-estar. Infelizmente, nem sempre é fácil conseguir comida balanceada nas estradas, mas é possível se prevenir.

Para começar, vale mais uma vez voltar à dica anterior, referente ao planejamento. Ele pode envolver uma pesquisa pelos locais nos quais você vai passar, com o objetivo de descobrir lugares em que possa almoçar e jantar com qualidade e bom preço.

Invista também em lanches para comer durante o trajeto. Separe frutas, barras de cereais e outros alimentos saudáveis e nutritivos para garantir uma boa alimentação. Tente levar uma caixa de isopor dentro da cabine para conservar os alimentos na temperatura adequada.

3. Faça exercícios físicos

Cuidar da saúde é um grande desafio para os caminhoneiros, principalmente em função da pouca estrutura presente nas estradas. Para comprovar isso, basta verificar o quanto é difícil praticar exercícios físicos quando se está no meio de uma viagem.

É praticamente impossível encontrar hotéis e pousadas com bom preço e que disponham de equipamentos adequados. Além disso, os que existem são caros e inviabilizam o frete. Então, como fazer?

A prática de exercícios é fundamental para evitar o ganho de peso, fortalecer a coluna e prevenir doenças cardiovasculares e, até mesmo, alguns tipos de câncer.

Mas existem soluções! Com alguma criatividade, você pode transformar a estrada — e até o seu caminhão — em aliados na prática de exercícios físicos. Veja alguns exemplos:

  • alongamento: alongar os músculos ajuda a evitar lesões por esforço repetitivo e dores nas articulações e na coluna. Experimente usar as quinas da carroceria para alongar os braços. Já os pneus podem servir para você esticar as pernas o máximo que conseguir;
  • corrida: não existe esporte mais democrático do que a corrida de rua, e você terá toda a estrada à sua disposição. Então, depois de uma boa noite de sono, que tal correr alguns quilômetros antes de encarar o volante de novo? Tenha sempre um par de tênis na sua bagagem e aproveite;
  • abdominais: o fortalecimento dos músculos abdominais evita as dores na coluna e o acúmulo de gordura nessa região, mal que causa muitos problemas de saúde, podendo levar até a um enfarto. Para cuidar dessa musculatura não é preciso muita estrutura, basta levar um pequeno colchonete dentro do caminhão e usá-lo no hotel ou mesmo ao ar livre, ao lado do veículo, durante uma parada;
  • exercícios com elásticos: uma boa ideia é improvisar com alguns elásticos presos à carroceria do caminhão. É possível fortalecer músculos dos braços e das pernas pegando algumas dicas de exercícios na Internet.

Baixe o Rapp e garanta os melhores fretes e todos os benefícios do aplicativo!

Garanta os melhores fretes e aumente sua renda com o Rapp

4. Cuide da postura ao dirigir

Uma boa postura ao dirigir, além de evitar problemas de saúde, ajuda a combater o estresse. As longas horas ao volante exigem muito do corpo e, para que esse tempo não se torne insuportável, você deve cuidar da ergonomia.

O banco deve ser regulado de modo que seus braços fiquem semiflexionados, ou seja, nem dobrados demais e nem totalmente esticados. O ideal é que você consiga girar o volante sem precisar tirar as costas do encosto traseiro. O mesmo vale para a altura do banco: ela deve ser regulada para que suas pernas possam ficar em uma posição neutra, sem esticar ou flexionar muito.

O encosto de cabeça deve ser posicionado na altura das orelhas, evitando o efeito chicote em caso de acidentes (efeito chicote é quando a cabeça bate no encosto com força e se volta para a frente, retirando toda a absorvição do impacto).

Dica: Como conseguir frete com lucro? Saiba calcular o valor do seu trabalho!

5. Não subestime o cansaço

O tempo tem sido cada vez menor para cumprir os fretes, não é? Por isso, muitos caminhoneiros acabam se esquecendo da saúde e rodam por horas e horas para chegar logo ao destino e pegar uma nova carga. Mas tome cuidado: o corpo cobra o seu preço.

Em primeiro lugar, nem pense em estimulantes ou vitaminas artificiais para prolongar o tempo na estrada. Além de não evitarem que você eventualmente caia no sono, essas substâncias podem causar aumento na frequência cardíaca, levando até mesmo a um infarto.

Não deixe de prestar atenção aos sinais que o corpo dá. Se estiver com sono, pare e durma por algumas horas. Se a coluna começar a doer, procure um lugar para encostar e esticar um pouco os músculos. Fique atento, pois a maioria dos acidentes em estradas acontece devido à desatenção causada por estresse e cansaço.

Então, viu como você pode fugir do estresse na estrada e melhorar a sua saúde com pequenas atitudes? Aproveite e compartilhe este conteúdo com seus colegas caminhoneiros nas redes sociais!




Por
31/08/2018

A Rodojacto nasceu em 1969 e, atualmente, atua no segmento de transporte rodoviário de cargas, dividindo-o em duas áreas: a de carga comum e a de carga especial — mercadorias que excedem pesos e medidas.


Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!