Assine nossa newsletter

EPI para motorista de caminhão: saiba quais itens não podem faltar!


EPI para motorista de caminhão: saiba quais itens não podem faltar!

Está sem tempo de ler o artigo? Então, ouça no player abaixo:

Quer trabalhar com mais tranquilidade e conforto e sem prejudicar a saúde? Com certeza, esse é desejo de grande parte dos caminhoneiros. Para auxiliar na conquista dessa realidade, o EPI para motorista de caminhão é um grande aliado. Ele serve para proteger a pessoa de agentes externos prejudiciais, evitando ou amenizando seus impactos.

Quer saber mais detalhes sobre o uso do equipamento de segurança? Leia este post e descubra tudo o que precisa sobre o assunto!

Por que o EPI para motorista de caminhão é importante?

O EPI, ou Equipamento de Proteção Individual, é aquele dispositivo de uso pessoal a ser utilizado pelo trabalhador com o intuito de se proteger de possíveis riscos de segurança e saúde durante a sua atividade. A atuação desse equipamento é no sentido de evitar ou atenuar a gravidade de lesões que possam vir a ocorrer no trabalho.

Essas ocorrências podem ser tanto imediatas, como fruto de algum eventual acidente, ou também futuras, no caso de desenvolvimento de uma doença ocupacional. Em qualquer um dos casos, o EPI estará protegendo o trabalhador. Por isso, todas as atividades profissionais que expõem a pessoa a algum tipo de risco à sua integridade devem ser executadas com os devidos EPIs.

Por ser um equipamento de fundamental importância para o trabalhador, é necessário checar a sua qualidade. Não importa se o produto for nacional ou importado: somente utilize um EPI que tenha o Certificado de Aprovação — CA. Isso garante que o dispositivo foi testado e aprovado e, assim, garantirá a proteção efetiva.

Dica: 9 dicas para combater o sono ao volante

Existe legislação sobre esse assunto?

Sim, existem leis que tratam desse tema, inclusive obrigando o uso de EPI para motorista de caminhão. No entanto, essa obrigatoriedade está relacionada ao tipo de carga transportada e aos riscos aos quais o caminhoneiro está exposto.

Basicamente, existem duas normas que tratam sobre a utilização de equipamentos de proteção individual por parte de trabalhadores. A primeira é a Norma Regulamentadora nº 6, do Ministério do Trabalho. Nela estão estabelecidos os critérios para a definição dos EPIs que devem ser usados, conforme os riscos da atividade, e das responsabilidades do empregador e empregado.

Quem trabalha como empregado precisa conhecer esse documento. Porém, isso não quer dizer que o autônomo não precise se cuidar. Na verdade, a atenção precisa ser ainda maior, pois é o próprio profissional que deverá zelar pela sua segurança.

A outra norma é a Circular ABNT nº 9735/2016. Ela é específica para o transporte terrestre de produtos perigosos, indicando, além do EPI para motorista de caminhão, também os dispositivos para sinalização da área de um acidente. Se você transporta cargas perigosas, o conhecimento desse texto é essencial.

Quais são os EPIs indispensáveis para os caminhoneiros?

Agora que você já entendeu a importância do EPI para motorista de caminhão, bem como a legislação sobre o assunto, chegou a hora de descobrir quais são os principais equipamentos de proteção. Como você viu, o uso do EPI dependerá do risco ao qual estará exposto. No entanto, os equipamentos abaixo são os principais e mais utilizados.

Colete de sinalização

Também chamado de colete luminoso, este é um EPI extremamente importante para os motoristas que trabalham no período noturno. O seu uso se dá quando o motorista precisa descer do veículo por algum motivo, como pane, acidente ou descarregamento de mercadorias.

Vestindo o colete de sinalização, o caminhoneiro será visto pelos demais motoristas com mais facilidade, pois o acessório reflete a luz dos faróis. Isso evita atropelamentos e outros acidentes.

No banner abaixo saiba qual das duas modalidades combina mais com seu perfil.

Caminhoneiro agregado ou autônomo: saiba a melhor opção para você

Luva de raspa

Muitos reclamam do desconforto de usar luvas por causa da perda de tato. Realmente, elas não são muito agradáveis. No entanto, são importantes EPIs. Portanto, sempre que for manusear ou inspecionar uma carga perigosa, de produtos químicos ou cortantes, não deixe de usar as luvas de raspa, que são mais grossas e resistentes.

Isso também vale para quando precisar fazer alguma manutenção no caminhão ou troca de pneu. Dessa forma, você evita machucados graves nas mãos.

Bota com bico de aço ou PVC

Você também deve proteger os seus pés, afinal de contas, pode ser que algo caia sobre eles e cause alguma lesão. Ao trocar um pneu, por exemplo, isso pode acontecer.

Para evitar esse tipo de problema, é bom se precaver usando botas com bico de aço ou PVC. Antigamente, o aço era mais comum. Porém, ele deixa o calçado pesado e duro. Então, foi desenvolvida a bota com arremate em policloreto de vinila.

A bota com bico de PVC é leve e flexível. Isso faz com que o calçado matenha os pés protegidos, mas com muito mais conforto.

Dica: Saúde do caminhoneiro: 11 dicas para melhorar a vida nas estradas

Protetor auricular

O protetor para os ouvidos é um EPI que deve ser utilizado para proteger essas partes do corpo em locais com muito ruído. Usá-los é fundamental para não comprometer a audição ao longo do tempo.

Sempre que for efetuar operações de carga e descarga em ambientes barulhentos, coloque o protetor auricular. Porém, ele não deve ser utilizado na hora de dirigir. Afinal, o EPI, nessa situação específica, pode impedir que o caminhoneiro ouça sinais de trânsito, como buzinas e sirenes. Caso seu veículo esteja fazendo barulho intenso, você deverá providenciar o reparo do componente ruidoso.

Óculos de proteção

Sabia que o olho é uma das partes mais sensíveis do corpo humano? Ele é a porta de entrada para muitos micro-organismos que causam as mais variadas doenças. Além disso, está sempre exposto a agentes químicos e físicos, que podem causar danos irreversíveis à visão.

Portanto, dependendo do tipo de itens transportados, é importante vestir óculos de proteção durante as operações de carga e descarga. Mesmo que você esteja apenas inspecionando, o uso é importante, pois alguns agentes contaminantes se dissipam facilmente no ar.

Capacete

Outro EPI importante de ser usado durante as operações de carga e descarga é o capacete. Com ele, a sua cabeça fica protegida contra a queda de objetos. Lembre-se de que, em operações de carga e descarga, há grande movimentação de objetos, e isso aumenta o risco de algo despencar sobre você. Portanto, não dê chance ao azar.

O Rapp te ajuda a conseguir fretes lucrativos. Baixe já!

Garanta os melhores fretes e aumente sua renda com o Rapp

Máscaras semifaciais

Foi contratado para transportar alguma mercadoria que pode ser aspirada? Então não deixe de usar a máscara semifacial. Com ela, a sua boca e o seu nariz ficam protegidos contra névoas de produtos prejudiciais à saúde.

Alguns exemplos de componentes que podem ser facilmente inalados: cimento, pó de madeira, minério de ferro, sabão em pó, sal e produtos químicos como soda cáustica, tintas e combustíveis. Além, é claro, da poeira.

Percebeu como o EPI para motorista de caminhão é importante na prevenção de lesões e doenças ocupacionais? Você deve ter reparado que o uso desse tipo de equipamento geralmente serve para operações de carga e descarga e emergências. Portanto, o período de uso é pequeno, mas pode fazer muita diferença na qualidade da sua saúde durante a rotina de trabalho.

Gostou das informações que encontrou aqui? O que acha de ser notificado sempre que tiver conteúdos como este para você? Para isso, basta seguir a RodoJacto nas redes sociais. Estamos no Facebook e no Instagram!




Por
23/07/2019

A Rodojacto nasceu em 1969 e, atualmente, atua no segmento de transporte rodoviário de cargas, dividindo-o em duas áreas: a de carga comum e a de carga especial — mercadorias que excedem pesos e medidas.


Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!