Assine nossa newsletter

Alimentação na estrada: 5 dicas para cozinhar no caminhão


Alimentação na estrada: 5 dicas para cozinhar no caminhão

A vida na boleia do caminhão é marcada pela saudade de casa. Passando tanto tempo em rodovias e cortando tantos estados, o caminhoneiro geralmente sente falta de uma coisa bem caseira: a comida. Afinal, como ter uma boa alimentação na estrada? Nem sempre se encontram restaurantes no caminho.

Além disso, o jeito de temperar os alimentos pode mudar muito de uma região para a outra, sendo mais uma dificuldade para quem trabalha dirigindo. Mas existe uma forma de se lembrar da comida de casa, ter uma alimentação mais saudável e ainda economizar dinheiro.

Sabe como? É possível conseguir isso tudo cozinhando no próprio caminhão. Se você quer saber como fazer isso da melhor maneira, veja nossas dicas!

1. Tenha utensílios de cozinha

Primeiro, você precisa ter os materiais necessários para essa tarefa. O principal é a caixa cozinha, uma adaptação feita na estrutura do caminhão que permite acoplar uma geladeira e fogão pequenos. Dessa forma, você vai conseguir fazer sua própria alimentação na estrada.

Mas esses dois equipamentos, apesar de indispensáveis, não são suficientes para preparar uma comida quentinha. Afinal, como fazer isso sem panelas e colheres? Assim, o segundo passo é comprar os utensílios básicos da cozinha (ou levar alguns que estejam sobrando em casa).

Esse momento é delicado, pois é importante pensar na funcionalidade e também no espaço. Ou seja, você deve levar o menor número de objetos possível, sem abrir mão do essencial na cozinha. Por exemplo, uma panela de pressão pode ser dispensável, mas, se você precisa preparar feijão ou outros pratos mais demorados, ela é necessária.

Além das panelas, é importante se lembrar de colheres grandes para cozinhar os alimentos e também de pratos e talheres para se servir e comer. Mesmo que possa usar descartáveis, o indicado é ter alguns itens duráveis, para não ficar na mão no meio de uma viagem.

Dica: Como planejar rotas de forma eficiente e otimizada

2. Escolha os melhores alimentos para consumir

Outro cuidado essencial para quem quer cozinhar no caminhão é saber o que preparar. Nesse ponto, existem dois aspectos que merecem atenção: o tempo de cozimento e as características da comida. O ideal é optar por alimentos mais fáceis e rápidos, assim como comidas leves — que não pesem tanto no seu estômago.

Comer uma feijoada completa pode ser bem prazeroso, mas será que você consegue tempo suficiente para cozinhar tudo com qualidade? E, além disso, vai conseguir voltar para o volante logo depois de uma refeição tão pesada? Em geral, o cansaço depois de um almoço assim dificulta muito o trabalho e pode até mesmo aumentar o risco de acidentes.

Por isso, nos dias em que for preparar sua alimentação na estrada, prefira opções mais leves e rápidas, como arroz, legumes, frango, carnes de fácil preparo etc. Não esqueça também de levar alternativas para lanche, como frutas, barras de cereal e outras opções leves e saudáveis. Ficar com fome por muito tempo é outra situação que atrapalha o motorista.

3. Saiba armazenar a comida

Quem deseja cuidar da própria comida precisa estar atento às condições de conservação dos alimentos. Comer algo estragado atrapalharia muito a sua saúde e impactaria o seu lucro na viagem, já que seria preciso parar para se recuperar. Por isso, sempre observe os alimentos antes de cozinhar e comer.

Quem não tem uma caixa cozinha com geladeira vai ter mais problemas em relação a isso, pois não tem boas condições para armazenar a comida. Nesse caso, o indicado é não guardar alimentos que já foram cozidos — fora do resfriamento, eles estão expostos à ação de bactérias perigosas.

A geladeira pequena aumenta muito as possibilidades do caminhoneiro, que pode guardar o restante dos alimentos para consumir na próxima refeição. Mas, ainda assim, é preciso ter cuidado para não deixar a comida lá por muito tempo.

Aprenda as melhores práticas para as manutenções do seu veículo e garanta o melhor funcionamento e economia! Confira no banner abaixo:

Confira o manual completo de tecnologia para  caminhoneiros

4. Alimente-se com tranquilidade

Uma das vantagens de ter uma cozinha no caminhão é proporcionar mais saúde para você. Depender de restaurantes na estrada aumenta o risco de mal-estar, já que não é possível confiar totalmente no preparo da comida.

Além disso, cozinhar o próprio alimento favorece que você consuma apenas os temperos com os quais já está acostumado, diminuindo também os riscos de não receber bem a comida.

Mas outro grande benefício de cozinhar no caminhão é ter mais tempo para dedicar à alimentação. Por isso, é essencial que você procure fazer a comida com calma e aproveite bem o momento da refeição. Agir na correria atrapalha o cozimento correto dos alimentos, assim como a sua digestão.

Além de comer com tranquilidade, lembre-se de reservar um tempo para o descanso depois da refeição. Isso nem sempre é possível nos restaurantes com alta rotatividade de clientes. Então, use o seu espaço para relaxar antes de pegar a estrada.

5. Aproveite o momento para estar com amigos

Em casa, as refeições são um motivo para estar com a família e conversar sobre o dia de cada um. Sair para comer com os amigos também é uma das principais formas de se divertir e colocar as conversas em dia. Por que não fazer isso também quando está no trabalho?

No seu caso, os encontros acontecem nos pontos de parada onde vários motoristas também estão preparando comida ou descansando. Sabemos o quanto a rotina nas estradas pode ser solitária, mas existe uma hora perfeita para jogar conversa fora com os colegas que compartilham dos mesmos desafios que você: o momento da refeição.

Cozinhar e almoçar com um grupo aumenta a sua motivação para o trabalho e ainda mantém você informado sobre os acontecimentos da estrada — trocar informações com colegas é a melhor maneira de saber sobre riscos e facilidades da região por onde vocês rodam.

Dica: Dirigir à noite: 6 dicas que todo caminhoneiro deve seguir

Além de aumentar os laços de amizade e conversar sobre o trabalho, aproveitar a cozinha para estar com outras pessoas também é uma forma de economizar tempo e dinheiro. Isso porque você pode dividir com eles as responsabilidades da alimentação: que tal cada um cozinhar uma parte do almoço?

Com as nossas dicas, ficou mais fácil organizar a alimentação na estrada. Você diminui suas idas a restaurantes duvidosos e investe na sua saúde. O bolso também agradece, não é? Afinal, sai bem mais barato comprar os produtos para cozinhar do que almoçar fora. Aproveite essas facilidades!

E então, este post ajudou você a repensar sua rotina? Curta nossa página no Facebook e esteja por dentro de tudo o que publicamos sobre a vida de caminhoneiro!




Por
08/03/2019

A Rodojacto nasceu em 1969 e, atualmente, atua no segmento de transporte rodoviário de cargas, dividindo-o em duas áreas: a de carga comum e a de carga especial — mercadorias que excedem pesos e medidas.


Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!