Assine nossa newsletter

Tipos de caminhão para frete: qual é o ideal para sua carga?


Tipos de caminhão para frete: qual é o ideal para sua carga?

Ao se disponibilizar para transportar determinada carga, o caminhoneiro precisa tomar uma série de cuidados, entre eles, a certeza de que tem o tipo ideal de caminhão para o frete demandado. Isso porque existem diversos formatos de carrocerias, para as mais variadas cargas.

Esse cuidado é fundamental para que o transporte das mercadorias seja feito de forma adequada. Sem isso, tanto o motorista quanto a carga e o veículo ficam expostos a riscos desnecessários.

Quer saber mais detalhes sobre os tipos de caminhão para frete de diversas cargas? Então, siga em frente!

Carga frigorífica

Para o transporte de mercadorias resfriadas ou congeladas, como alimentos, por exemplo, são necessários equipamentos específicos. O caminhão para frete de carga frigorífica precisa, obrigatoriamente, ter baú com vedação, revestimento térmico e equipamento de resfriamento.

Podem ser utilizados os mais variados modelos, como VUC, toco, truck e carreta. A definição será de acordo com o volume da carga e a área de circulação necessária.

Dica: 7 simples passos para você ter mais segurança na estrada

Carga viva

Um dos transportes que mais demandam atenção, também exige um tipo específico de caminhão para frete. Ele deve ter uma carroceria que permita a ventilação interna para que os animais consigam respirar.

Para animais de grande porte, como bovinos e equinos, o correto é utilizar a carroceria boiadeira. Para animais menores, como frangos, a carroceria recomendada é a gaiola. Os modelos mais utilizados são o truck e a carreta.

Carga indivisível e de grandes dimensões

Transportar cargas de grande volume e que não há possibilidade de fracionamento demanda um caminhão específico. A carroceria precisa ser do tipo prancha, pois é totalmente aberta. Assim, é possível levar mercadorias de grandes dimensões.

Para completar, essas cargas costumam ser muito pesadas. Portanto, é preciso utilizar cavalo mecânico trucado na maioria das vezes.

Carga seca

Essa carga é uma das mais comuns. Trata-se de mercadorias que não demandam refrigeração ou outros cuidados com acondicionamento. Já têm suas próprias embalagens e, normalmente, estão organizadas em paletes ou fardos.

O ideal é que o caminhão para frete de cargas secas tenha carroceria baú. Quanto ao tamanho do veículo, depende das áreas de circulação, do volume da carga a ser transportada e da distância a ser percorrida. Pode ser desde o VUC até a carreta LS.

Outra carroceria muito utilizada para carga seca é a sider. É uma espécie de baú, mas com as laterais fechadas por lona. Isso facilita a carga e a descarga utilizando empilhadeiras.

Dica: Saiba como otimizar e descomplicar o processo de carga e descarga

Carga a granel

Quando se fala em carga a granel, refere-se a produtos não embalados, ensacados ou encaixotados. Na maioria das vezes, são matérias-primas para a fabricação de outros produtos e se dividem em a granel sólido e líquido.

Granel sólido

São exemplos de cargas a granel sólido a soja, o trigo e o milho. O caminhão para frete dessas mercadorias é o que tem carroceria aberta, do modelo graneleiro ou grade alta. Como são cargas de grande volume e peso, os veículos mais indicados são o truck ou a carreta de cavalo simples ou LS.

Existem outras duas possibilidades para o transporte de carga a granel sólido. Uma é utilizando containers. Nesse caso, o mais comum são carretas, bitrem e rodotrem. A outra é com carrocerias basculantes, quando é necessário transportar areia ou brita, por exemplo.

Granel líquido

Para o transporte de líquidos é necessário carroceria específica, como tanque de aço, por exemplo. Além disso, o ideal é preencher todo o reservatório. Assim, a dirigibilidade do caminhão melhora.

São exemplos de tipos de caminhão para frete de líquidos o caminhão-pipa, o de transporte de combustíveis e o caminhão cisterna. Os veículos mais utilizados são o truck e a carreta.

Veículos

Outra carga que exige um caminhão específico para transportá-la são os veículos. As motocicletas podem ser levadas em carrocerias baú ou sider. Já os automóveis demandam as chamadas cegonheiras.

Para veículos de maior peso, como máquinas agrícolas, é necessário utilizar a carroceria do tipo prancha. Novamente, os modelos mais frequentes são o truck e a carreta.

Cargas frágeis

Transportar mercadorias frágeis, como vidros, espelhos e cristais, não é brincadeira. São necessários muitos cuidados, principalmente nas operações de carga e descarga e na condução suave do veículo.

Caso os produtos estejam acondicionados em caixas, o ideal é utilizar o caminhão-baú. Por outro lado, caso transporte itens que podem molhar, como os vidros, o melhor é transportar em carroceria aberta. Dessa maneira, há mais espaço para carregar e descarregar sem danificar a carga.

Medicamentos

Por serem mercadorias extremamente sensíveis, devem ser sempre protegidas. Sendo assim, o caminhão para frete de medicamentos precisa ter baú fechado e bem conservado para evitar contaminações.

Além disso, é preciso ficar atento, pois alguns medicamentos demandam refrigeração. Nesse caso, devem ser utilizados os mesmos equipamentos das cargas frigoríficas. Para completar, a temperatura deve se manter constante, sob o risco de perder a carga.

Podem ser utilizados variados modelos de caminhão, desde o VUC até o bitrem.

Baixe o Rapp e garanta as melhores cargas!
Garanta os melhores fretes e aumente sua renda com o Rapp

Mudanças

Realizar mudanças, residenciais ou comerciais, é ter a certeza de transportar os mais variados itens. Serão levados desde materiais leves, como almofadas, até os mais pesados, como geladeira e máquina de lavar.

Para completar, há sempre muitas caixas com conteúdo frágil, como louças, e também importante, como documentos. Dessa forma, o caminhão para frete de mudanças deve proteger bem a carga. Portanto, o mais indicado é o baú.

Quanto ao veículo, os mais interessantes são o VUC e o toco, pois se movimentam melhor nas cidades. Além disso, são suficientes para o peso e o volume da maioria das mudanças.

Percebeu como existe o veículo ideal para cada carga? Alguns modelos são mais versáteis, como o baú, o sider e a grade alta. Outros são mais específicos, como a prancha, a boiadeira e a cegonheira.

Agora ficou claro que é fundamental a escolha correta do caminhão para frete de qualquer tipo de carga, certo? É com cuidados assim que os riscos de acidentes e avarias no veículo e na mercadoria são reduzidos e o trabalho se torna mais seguro e confortável.

Gostou das informações que encontrou aqui? Então, curta a nossa página no Facebook e fique por dentro das últimas novidades do mercado de transportes!




Por
19/10/2018

A Rodojacto nasceu em 1969 e, atualmente, atua no segmento de transporte rodoviário de cargas, dividindo-o em duas áreas: a de carga comum e a de carga especial — mercadorias que excedem pesos e medidas.


Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!