Assine nossa newsletter

Linha de crédito para caminhoneiro autônomo: entenda como funciona


Linha de crédito para caminhoneiro autônomo: entenda como funciona

Um dos maiores benefícios que um trabalhador autônomo pode receber é uma linha crédito. Em momentos de urgência, o dinheiro extra é de grande ajuda para quitar pendências, comprar materiais ou mesmo ampliar os negócios — e é nisso que os caminhoneiros estão investindo! 

Sem tempo de ler o conteúdo? Então ouça no player abaixo:

Considerando que o caminhão é o meio de transporte mais utilizado para realizar o envio de cargas no Brasil, o governo disponibilizou uma linha de crédito para caminhoneiro autônomo, com condições exclusivas para esses trabalhadores. 

Quer saber como funciona esse tipo de empréstimo? Então continue acompanhando o nosso post e entenda mais sobre o assunto!

Como surgiu essa proposta no governo?

A greve dos caminhoneiros em 2018 trouxe muitos transtornos para a população brasileira. Com os trabalhadores fora da ativa, houve o desabastecimento de postos de gasolina, hospitais e lugares que dependiam de produtos importantes para subsistência da população.

Diante desse cenário, o governo federal prometeu garantir aos caminhoneiros aquilo que buscavam com a greve: melhores condições de trabalho. Para isso, lançou uma série de medidas voltadas para o segmento, que garantem, entre outras coisas, uma linha de crédito para caminhoneiros autônomos. Dependendo da demanda, a Administração Pública poderá liberar até 1 bilhão de reais para investimentos no setor.

O crédito é ofertado por via do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), instituição pública criada para incentivar a economia brasileira. O banco costuma participar de estratégias e programas que tem como objetivo impulsionar o tesouro nacional, oferecendo linhas de créditos tanto para pessoas físicas quanto jurídicas.

Para se aproximar mais da população que necessita de seus serviços, o BNDES ampliou seu campo de atuação ao adotar parcerias com outras instituições que podem intermediar o repasse de seus produtos. No caso dos caminhoneiros, o crédito pode ser acessado, a princípio, nos bancos públicos (Caixa e Banco do Brasil) e, posteriormente, nas demais cooperativas de crédito do país. 

Dica: Caminhoneiro autônomo: 5 dicas para se tornar um

Quais as principais características da linha de crédito para caminhoneiro autônomo?

Em 2019, o BNDES já disponibilizou 500 milhões de reais para linhas de crédito voltadas aos caminhoneiros autônomos. O limite de financiamento para esses trabalhadores, que inicialmente era de 30 mil, agora pode chegar até 100 mil reais por cliente.

O financiamento oferecido pelo banco é composto por juros anuais em torno de 12%. O teto máximo para quitação do débito é de cinco anos, com uma carência de três a doze meses. O índice de juros final, que é corresponde ao custo financeiro total, é composto:

  • pela taxa fixa do BNDES (TFB);

  • pela taxa de longo prazo (TLP), comumente conhecida como taxa Selic, que gira em torno de 6,5% anuais;

  • pela taxa administrativa do banco, sendo de 1,45% no BNDES;

  • pela taxa de 3% cobrada pelos agenciadores.

Como funciona a linha de crédito do BNDES para caminhoneiros?

O financiamento pode ser solicitado por motoristas autônomos com até dois caminhões registrados em seu CPF. Ele pode ser utilizado para suprir os gastos altos de manutenção e conservação dos veículos, garantindo a prestação do serviço de frete com custos mais competitivos no mercado. São financiáveis os seguintes serviços:

  • seguro do bem e/ou prestamista;

  • gastos com manutenção e serviços gerais de oficina;

  • aquisição de autopeças;

  • aquisição de pneus.

Para que operação seja segura, constam no contrato garantias que são negociadas entre a instituição financeira credenciada para realizar a operação e o cliente. No mais, não é admitida a outorga de garantia dada pelo Fundo Garantidor para Investimentos (FGI).

Clique no banner e veja nosso guia de manutenção para caminhões e garanta o melhor funcionamento do seu veículo!

Conheça as melhores práticas para a manutenção do seu veículo

Quem pode ter acesso à linha de crédito?

Podem ter acesso à linha de crédito os transportadores autônomos de carga residentes e domiciliados no país, inscritos no Registro Nacional de Transportadores Rodoviários de Carga (RNTRC), e as cooperativas de transporte rodoviário de cargas, inscritas no RNTRC.

Qualquer caminhoneiro autônomo que espera aproveitar algum dos créditos da financeira deverá cumprir alguns requisitos. Entre eles podemos destacar:

  • se encontrar quite com todas suas obrigações fiscais, tributárias e sociais;

  • ter um bom histórico como consumidor no que diz respeito à negativação e o envolvimento em processos judiciais por inadimplência;

  • mostrar que tem condições de arcar com a dívida;

  • apresentar garantias.

De que forma é possível ter acesso à linha de crédito?

A forma de solicitação de créditos geralmente é a mesma utilizada em todos os bancos. Você deve comparecer até a agência mais próxima com seus documentos de identificação (identidade, CPF, carteira de motorista etc.) e todo o restante da documentação exigida pela financeira escolhida. 

Essa instituição fará a análise dos documentos apresentados com o pedido e, caso seja deferido, o processo vai para a homologação do BNDES. O banco dará o aval da operação, aprovando ou não a solicitação. O repasse do recurso pelas instituições financeiras credenciadas pode realizado em até um dia útil.

Vale destacar que, conforme divulgação do canal de comunicação do BNDES, o financiamento para caminhoneiros terá vigência de um ano, ou seja, estará disponível até o dia 26 de maio de 2020.

Que vantagens a linha de crédito pode proporcionar para caminhoneiro autônomo?

Com esse benefício, o caminhoneiro autônomo poderá manter a manutenção do seu caminhão sempre em dia. Assim, conseguirá reduzir seus custos, aumentar sua produtividade e tornar o seu frete mais competitivo. Isso porque a manutenção preventiva diminui os gastos com combustíveis e reparos que podem se tornar mais complexos com desgaste ao longo do tempo

Dica: Manutenção preventiva do caminhão: importância e benefícios

Outra vantagem é que o motorista conseguirá evitar falhas e acidentes, preservando não somente a sua segurança, mas também a de todos os motoristas que circulam pelas estradas brasileiras. No mais, um veículo em condições adversas é considerado pelo Código de trânsito brasileiro como infração grave, o que pode levar até mesmo à apreensão do caminhão, dependendo do seu estado.

Para aproveitar essas vantagens, você pode recorrer à linha de crédito para caminhoneiro autônomo. Essa é uma alternativa que viabiliza melhores condições para o desenvolvimento do seu trabalho diário. 

E então, entendeu como conseguir o seu financiamento? Para ficar por dentro de artigos como este, basta assinar nossa newsletter. Assim, você receberá todas as novidades diretamente na caixa de entrada do seu e-mail!




Por
22/10/2019

A Rodojacto nasceu em 1969 e, atualmente, atua no segmento de transporte rodoviário de cargas, dividindo-o em duas áreas: a de carga comum e a de carga especial — mercadorias que excedem pesos e medidas.


Assine nosso blog

Não perca nenhuma novidade!